domingo, 30 de março de 2014

quinta-feira, 27 de março de 2014

Corte nos apoios: Crianças com NEE!

Esta notícia não é recente, ainda não me tinha pronunciado sobre a mesma e questiono: Porquê estes cortes? Porquê na Educação? Porquê na Educação Especial?

Pensavam que as pessoas se iam calar? Que não se iam revoltar? BASTA!!! Basta de andarem a cortar aqui e acolá (onde não devem)!! Cortem nos vossos salários, nas vossas regalias!!! Ah, pois, isso não pode ser, não é? Os sacrificados temos que ser nós!!! 

Fico revoltada, claro que fico revoltada. Fico revoltada com estes cortes absurdos, mas mais ainda quando cortam na educação e numa área que tanto me diz!!!

Qual é a vossa opinião? 




sábado, 22 de março de 2014

Ontem, assinalou-se o "Dia Mundial da Trissomia 21"

Ontem, assinalou-se o "Dia Mundial da Trissomia 21". Por falta de tempo, não pude publicar esta efeméride no próprio dia. Mas não deixo de a assinalar.

"Este dia serve acima de tudo para chamar a atenção de todos, para a importância da sociedade abrir as portas às pessoas portadoras de Trissomia 21, encará-las com o respeito, naturalidade e solidariedade que lhes é devido, dando-lhes oportunidades de igualdade e proporcionando-lhes igualdade de oportunidades." (in http://www.atlasdasaude.pt/publico/content/dia-mundial-da-trissomia-21)

Este ano letivo, tenho um aluno com T21. Chama-se P., é um amor, estou encantada com ele. Por esse motivo, este dia, teve mais impacto. Nunca tinha tido um aluno com T21. Está a ser uma experiência fantástica!

domingo, 16 de março de 2014

Pirilampo Mágico

Quem nunca ouviu falar do Pirilampo Mágico? Penso que não há ninguém que nunca tenha ouvido falar dele e que não tenha, pelo menos um, em casa.

Ainda falta algum tempo (apenas em maio) para se realizar mais uma campanha Pirilampo Mágico.

A título de curiosidade deixo-vos alguns tópicos sobre o tema (retiradas do seguinte site: http://www.fenacerci.pt/pirilampo/historial.html):

"Objetivos da Campanha Pirilampo Mágico

Angariação de fundos em favor das CERCI`s e outras organizações congéneres; A “Campanha Pirilampo Mágico” envolve cerca de 100 Organizações sem fins lucrativos e mobiliza milhares de pessoas entre familiares, técnicos e cidadãos anónimos.
Informação e Sensibilização da opinião pública sobre a problemática da pessoa com deficiência intelectual e/ou multideficiência procurando salvaguardar o direito à igualdade de oportunidades e o exercício da cidadania plena deste tipo de população. A integração das pessoas com deficiência intelectual e/ou multideficiência é um valor a defender, a sua diferença, um valor a respeitar e a rentabilização do seu potencial um valor a considerar!
 Caraterização das entidades beneficiárias da Campanha

As Organizações beneficiárias da Campanha, são instituições privadas sem fins lucrativos, que prestam atendimento direto ou indireto a pessoas com deficiência intelectual e/ou multideficiência em diversos domínios, nomeadamente ao nível de Estruturas Educativas, Centros de Formação e Apoio ao Emprego, Unidades de Emprego Protegido, Centros de Atividades Ocupacionais destinados a desenvolver atividades socialmente úteis para pessoas com deficiência profunda, Unidades Residenciais, apoio Domiciliário e Intervenção Precoce.


Como Nasceu a Campanha Pirilampo Mágico

“Noite de 2 para 3 de Setembro de 1986 estava no ar uma entrevista para o Programa “Arte de Bem Madrugar” na RDP-Antena 1 onde foram abordados alguns dos problemas financeiros com que se defrontava na altura a CERCILISBOA, bem como, alguns dos projetos em que esta se encontrava envolvida”. Sensibilizados que ficaram os elementos desta estação para a situação, foram imediatamente, no dia a seguir, encetados contactos entre a FENACERCI e o Diretor de Programas da RDP-Antena 1, Sr. José Manuel Nunes que propôs a esta Federação, a realização de uma campanha de solidariedade com carácter de abrangência nacional em favor de todas as CERCI`s. Nascia aqui a “Campanha Pirilampo Mágico”, aberta oficialmente a 11 de março de 1987 tornando-se desde então, uma das mais participadas campanhas de solidariedade existentes no nosso Pais.
E nasceu um Pirilampo…
Tendo-se definido os objetivos da campanha que se pretendia desenvolver, foi na primeira campanha e por via da música, cuja letra foi criada a partir de um poema escrito pela Maria Alberta Meneres, que nasceu o Pirilampo Mágico, “mascote” para sempre adotada e que se constituiu desde esta altura, como objeto de venda, destinado a angariar fundos que visam desde sempre, a criação de respostas sustentadas e de qualidade destinadas à população com deficiência intelectual e/ou multideficiência.
…Eu conheço um Pirilampo
Que vive muito lampeiro
dentro dos olhos da gente…

A Importância da Campanha Pirilampo Mágico

O pirilampo é hoje um dos maiores, senão o maior símbolo de solidariedade social em Portugal. A causa social a que está associado – o apoio a crianças e jovens com deficiência intelectual e/ou multideficiência ; o notável trabalho desenvolvido pelas CERCI`s a nível nacional; a familiaridade e laços afetivos estabelecidos com os cidadãos portugueses há mais de duas décadas, conferem a este ícone um estatuto de grande credibilidade e impacto mediático que muito tem contribuído, por via da angariação de fundos, para o sucesso das intervenções que vêem sendo desenvolvidas junto deste tipo de população. A colaboração dos órgãos de comunicação social, de figuras públicas ligadas aos campos das artes e letras, das empresas e ainda a indispensável adesão voluntária de milhares de pessoas sem as quais certamente, o objetivo e o sucesso desta campanha ficaria comprometido, são razões mais dos que suficientes para deixarmos bem claro, o quanto agradecemos a colaboração e adesão de todos a esta iniciativa que serve um propósito tão digno e tão importante para a prossecução do muito que já conseguimos e conquistámos no campo dos direitos inalienáveis que devem ter as pessoas com deficiência intelectual e/ou multideficiência."

sábado, 15 de março de 2014

5000 visualizações! OBRIGADA!!

Obrigada pelas visitas!! Cinco mil visualizações: incrível!! Agradeço-vos do fundo do coração pelas visitas. É bom saber que me acompanham. 

Espero que me continuem a seguir. Próximo objetivo:

- Tornar este blogue mais dinâmico, ou seja, ter mais comentários vossos;


sexta-feira, 14 de março de 2014

Porque tem tudo a ver...

Não sei se repararam, mas do lado direito podem ver uma citação do poema que vos deixo aqui. Julgo ter tudo a ver com o meu sonho...

Pedra Filosofal

Eles não sabem que o sonho
é uma constante da vida
tão concreta e definida
como outra coisa qualquer,
como esta pedra cinzenta
em que me sento e descanso,
como este ribeiro manso
em serenos sobressaltos,
como estes pinheiros altos
que em verde e oiro se agitam,
como estas aves que gritam
em bebedeiras de azul.

eles não sabem que o sonho
é vinho, é espuma, é fermento,
bichinho álacre e sedento,
de focinho pontiagudo,
que fossa através de tudo
num perpétuo movimento.

Eles não sabem que o sonho
é tela, é cor, é pincel,
base, fuste, capitel,
arco em ogiva, vitral,
pináculo de catedral,
contraponto, sinfonia,
máscara grega, magia,
que é retorta de alquimista,
mapa do mundo distante,
rosa-dos-ventos, Infante,
caravela quinhentista,
que é cabo da Boa Esperança,
ouro, canela, marfim,
florete de espadachim,
bastidor, passo de dança,
Colombina e Arlequim,
passarola voadora,
pára-raios, locomotiva,
barco de proa festiva,
alto-forno, geradora,
cisão do átomo, radar,
ultra-som, televisão,
desembarque em foguetão
na superfície lunar.

Eles não sabem, nem sonham,
que o sonho comanda a vida,
que sempre que um homem sonha
o mundo pula e avança
como bola colorida
entre as mãos de uma criança.

António Gedeão, In Movimento Perpétuo, 1956

quarta-feira, 12 de março de 2014

Momentos deliciosos...

Partilho, hoje, convosco um dos muitos momentos deliciosos (dos muitos que já tive ao longo da minha (curta) carreira): chegar à escola e ser recebida pelo P. com um "Hello" e com a brincadeira do "Caça e foge". O P. é um menino com Trissomia 21. Fala pouco, e o pouco que fala nem sempre é percetível e folgo ouvi-lo falar numa língua que não é a sua (é a língua que leciono). Nem imaginam a minha felicidade abrir a porta da escola e ele vir ter comigo, dizer "hello" e desafiar-me para brincar com ele. Claro que aceitei o desafio dele; quando dei conta já quase metade da escola (escola bem pequena), estava a brincar connosco.

É muito bom ver a sua integração na escola, e ver como ele está feliz onde está.

Sinto que nestes (poucos) meses que ele é meu aluno já aprendi muito com ele. Tenho muito ainda para aprender, mas irei estar sempre a aprender, nunca saberei tudo.

terça-feira, 11 de março de 2014

Gostam da música de fundo?

Pois é, coloquei uma nova funcionalidade no blogue: música de fundo. Que acham? Escolhi algo sem letra, algo relaxante. Julgo ser um bom som de fundo, concordam?

Tomei esta decisão pois pretendo que o meu blogue além de vos fazer uma companhia na sua leitura, também vos ajude a descontrair ao som da música.

Aceito sugestões.

Obrigada!

segunda-feira, 10 de março de 2014

Cercigui

Apresento-vos o site de uma grande instituição de Guimarães, a CERCIGUI (ver aqui o site). 

Sei que há várias CERCI's espalhadas por todo o país. Mostro-vos o trabalho desta em questão, pois é a que tenho mais conhecimento do que lá se passa.

Gostava de saber quais as CERCI's das vossas localidades e das atividades que lá são feitas.

quarta-feira, 5 de março de 2014

O querer crescer

Olá a tod@s,

não sei se já andaram a espreitar o meu blogue, mas podem ver aqui como tudo isto começou. Deixo-vos também aqui a explicação do meu SONHO. 

Este meu sonho está a tornar-se realidade. Estou ansiosa por "entrar em campo" o quanto antes e poder trabalhar na Educação Especial. 

Como sabem, este blogue, também é dinamizado numa página do facebook (Cantinho Diferente). Já tenho bastantes "likes" na página, o que é muito positivo tendo em conta os poucos dias que a página tem. Contudo, tenho uma "luta" pela frente: conseguir tornar o blogue e  a página dinâmicos. Sei que não irei conseguir isso do dia para a noite (estou a ser demasiado exigente, eu sei), mas seria muito bom conseguir isso.

Pelos motivos supracitados, peço-vos a vossa colaboração. Todos juntos podemos trocar ideias e opiniões; solicitar ajuda e partilhar experiências. Conto convosco!

domingo, 2 de março de 2014

O primeiro contacto...

Já lá vão muitos anos desde que tive o primeiro contacto com pessoas com necessidades especiais. Sempre me foi incutido que nos devemos aceitar uns aos outros, independentemente das nossas diferenças. 

Era bem pequenina quando a P. teve uma meningite e perdeu a visão. Ela nunca perdeu a força de viver. Tem uma alegria contagiante. Faz tudo como eu, tu, todos nós. Incrível como os pais dela e todos os que a rodeavam/ rodeiam lutaram/lutam para que ela estivesse/esteja incluída em todo o lado.

Foi, nessa altura que aprendi que não tinha que olhar de lado para quem tinha uma necessidade especial. Aprendi a saber aceitar (tenho a dizer que eu era bem pequenina mesmo). Foi nessa altura que tive a sorte de ter pessoas na minha vida (além da minha família) que me ensinaram a ver a diferença com amor. Obrigada a tod@s por isso. Obrigada família. Obrigada Infantário São Judas Tadeu.


Estou de volta e tenho um desafio para tod@s...

Olá a tod@s,

como prometido, aqui estou eu de volta e tenho um desafio, que irá ser explicado mais abaixo.

Este blogue, até há uns dias atrás, era direcionado a pesquisas sobre tecnologias na educação especial e sobre as necessidades educativas especiais. Agora, pretendo alargar e mudar um pouco a dinâmica deste blogue. Gostava que fizessem parte dele e da página do facebook que criei. E perguntam vocês que página? Esta página: https://www.facebook.com/umcantinhodiferente

Adorava trocar experiências convosco não só no ensino com pessoas com necessidades especiais, como também fora do ensino e com essas mesmas pessoas. Que dizem deste meu desafio?

Aguardo respostas ;)