segunda-feira, 16 de junho de 2014

É o (triste) país que temos!!

Olá a tod@s!

No passado dia 11 do corrente mês, deparamo-nos com esta notícia: "Governo quer separar educação especial das dificuldades de aprendizagem". Gostava de saber a vossa opinião!

Eu estou chocada como podem fazer isto?!!

Na notícia pode ler-se: "A proposta integra as conclusões do grupo de trabalho que, ao longo dos últimos meses, teve a cargo um estudo para a revisão da legislação relativa à educação especial (...)". Grandes conclusões que tiraram!!! Estudem mais um pouco (é um conselho). Parece-me que a lição não ficou bem estudada!!

E mais: "Temos vindo a incrementar os apoios disponibilizados e os recursos, de uma forma que é resultante da pressão que vai surgindo, deste crescimento quase descontrolado com necessidades educativas especiais, quando todos nós sabemos que um aluno que integre este quadro das necessidades educativas especiais dificilmente é retirado, e quando muitas vezes estamos a falar de dificuldades de aprendizagem". Já agora, sabem o que "dificuldades de aprendizagem" quer dizer? Sabem que alunos com dislexia (por exemplo), têm dificuldades de aprendizagem, mas que são permanentes? 

Onde está a inclusão? Será que conhecem mesmo o decreto-lei nº 3/ 2008

 É triste...muito triste... 


terça-feira, 10 de junho de 2014

10 de junho - Dia de Portugal

Hoje, dia 10 de junho, comemora-se o Dia de Portugal, o Dia de Camões e das Comunidades Portuguesas. (Caso tenham curiosidade sobre este dia, cliquem aqui)

Estive a refletir um pouco sobre este dia, li notícias e chamou-me a atenção as condecorações. (Podem ver aqui a quem foram atribuídas). Não sou contra as condecorações. Concordo que sejam atribuídas. Fico é a pensar: são bem atribuídas? Não devia "fulano e sicrano" receber também? O que quero dizer com isto é (e virando o bico ao prego para a área que me fascina - Educação Especial): Porque não se atribui condecorações a pessoas que ajudam quem tem necessidades especiais? Porque é que quem tem necessidades especiais e faz algo pelo nosso país não tem direito a uma? (temos o exemplo dos atletas paralimpicos, entre outros).

Foi só um pensamento (para muitos sem sentido, eu sei).

segunda-feira, 2 de junho de 2014

Um pequeno balanço...

Olá a tod@s!!

Estava para aqui a recordar os posts que já publiquei e dei conta que já passaram 7 meses e uns dias, desde que publiquei o primeiro post.

Comecei este blogue já com um objetivo em vista: o não o deixar morrer, depois de terminar a disciplina para o qual o criei.

Desde então, criei uma página no facebook com o mesmo nome deste blogue: "Cantinho Diferente". Já tenho alguns "likes" (não tantos quanto queria, mas aos poucos penso que conseguirei alcançar mais pessoas).

Tenho um grande objetivo, desde que criei o blogue (e mais tarde a página no facebook), que é ter muitas pessoas envolvidas nestes meus dois "mundos". Adorava que partilhassem mais experiências comigo, com todos que me seguem. Adorava que trocassemos ideias. Adorava tornar tudo isto mais dinâmico. Adorava que me desse opiniões. Por isso, conto convosco!

Peço desculpa pela insistência, por vos chatear (de vez em quando), mas a Educação Especial é um sonho para mim; ensinar é uma das minhas paixões. Tenho muito que aprender, muito que crescer, e muitos sonhos para concretizar!

Obrigada por estarem aí desse lado!

domingo, 1 de junho de 2014

Dia Mundial da Criança

Hoje, comemora-se o "Dia Mundial da Criança". Como se costuma dizer: "Todos nós temos uma criança dentro de nós", por isso, também é o meu dia, o nosso dia! :)

Recordo-me de celebrar este dia, quando era mais pequenina e de comer um gelado. Boas recordações!

Sabem a origem do dia? Estive a pesquisar e encontrei o seguinte:

"No dia 1 de junho comemora-se o Dia Mundial da Criança. Esta efeméride assinalou-se pela primeira vez em 1950 por iniciativa das Nações Unidas, com o objetivo de chamar a atenção para os problemas que as crianças então enfrentavam.
Nesse dia, os Estados-Membros reconheceram que todas as crianças, independentemente da raça, cor, religião, origem social, país de origem, têm direito a afeto, amor e compreensão, alimentação adequada, cuidados médicos, educação gratuita, proteção contra todas as formas de exploração e a crescer num clima de Paz e Fraternidade.
Oficialmente, o dia é assinalado pela Organização das Nações Unidas (ONU) a 20 de novembro, data em que no ano de 1959 foram aprovados pela Assembleia-Geral da ONU os Direitos da Criança. Na mesma data (20 de novembro), mas no ano de 1989, foi adotada pela Assembleia-Geral da ONU a Convenção dos Direitos da Criança que Portugal ratificou em 21 de setembro de 1990." (in http://www.ordemenfermeiros.pt/comunicacao/Paginas/1dejunhoDiaMundialdaCrian%C3%A7a.aspx)